Blogagem coletiva

Querida eu do futuro,

Sempre tive dificuldade em escrever para quem não conheço. Você me conhece, mas eu não te conheço ainda. Não sei do que você gosta, como é sua aparência, onde está nem o que está fazendo. Seria tão mais fácil escrever para nós do passado. A verdade é que eu não tenho nada para te ensinar que você não saiba, então vou ter que apostar minhas fichas no fato de que você pode ter esquecido uma coisinha ou outra, e te lembrar do que é importante para mim agora, porque algumas dessas coisas podem ainda ser importantes, mas terem se perdido no caminho.

Eu escrevo pra você hoje diretamente de Olathe, Kansas. Hoje só estamos aqui de visita, mas é possível que você já tenha morado aqui por uma temporada. Será que a gente chegou a cumprir nossos planos de vida? Já vimos muito, conhecemos pessoas, aprendemos e desaprendemos muita coisa? Se não, espero que essa carta chegue até você a tempo de te lembrar que sempre dá tempo de realizar os sonhos. Mesmo que você não sonhe mais com isso, ainda deve sonhar com alguma coisa, certo?

Se a resposta for não, então a coisa é mais grave do que eu pensava. E meu trabalho, do alto dos nossos 23 anos de idade, é te lembrar que sonhar é importante, e mesmo que você ache que já realizou todos os nossos sonhos, o seu trabalho agora é arranjar sonhos novos para nós.

A família também é importante. Aquela de sangue e aquela que aparece no caminho ao longo da vida. Dê um abraço por mim em todo mundo de hoje que ainda esteja por aí. Estou ansiosa para conhecer aqueles que ainda não conheço. Mas, acima de tudo, dá um jeito de mandar um oi para aqueles que já saíram de cena, mas ainda fazem falta. Pessoas não são descartáveis e, se alguns se vão por algum motivo, tenho certeza que outros se afastaram só por descuido.

Se você ainda não achou algo que você goste de fazer na vida, amiga, melhore. Já passou da hora. Não dá mais pra ficar onde está. Levanta a bunda e se move. Tenho muitas expectativas para você, e espero que você esteja à altura de todas elas.

Preciso ir agora, hora de me arrumar para sair. E espero que você também tenha algo mais interessante para fazer do que ler um monte de coisa que você já sabe. A última coisa que eu espero que você saiba é que eu te amo, e várias outras pessoas te amam também. Você é importante e pode fazer o que quiser. Espero que já esteja fazendo.

Muitos beijos,

Você de antes.

Esse post é parte integrante do meu BEDA. Para saber mais sobre essa cilada leia esse post. Tem sugestão de tema ou pergunta para a minha pessoa? Deixe nos comentários ou entre em contato.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

8 Comments

  • Reply Nananis 13 de agosto de 2015 at 10:43

    Amiga, quero te matar. Assim como aquela vez que você disse que eu fiz terrorismo falando que meu post tava tão horrível que você acreditou, eu tava, no meu íntimo, morrendo de medo de vir ler sua carta e ela estar realmente ruim e ÓBVIO QUE NÃO SUA CREIÇA.
    Sua carta tá direta, muito linda e muito sincera.
    Mas eu estou mais tranquila em relação a você daqui a 10 anos do que você mesma: pode ficar fria que você jamais será uma pessoa sem sonhos. Tenho certeza.

    Te amo muito <3 Piu.

  • Reply Ana Flávia 13 de agosto de 2015 at 14:27

    Ei Paloma!
    Olha, tenho certeza que você do futuro ainda sonhará, porque muita coisa a gente perde no caminho, mas sonhos, fé e esperança são o tipo de coisa que não sai da gente.
    Beijão. ♥

  • Reply Chiquinha 13 de agosto de 2015 at 17:22

    Você já é suficiente pro seu futuro, e se alguém vier dizer o contrário, pode mandar pra minha sala que eu resolvo. *botas*
    Vamos cuidar dos nossos sonhos juntas, combinado?
    amo você <3

  • Reply Plân 13 de agosto de 2015 at 20:55

    Olha, se tem uma coisa que eu sei é que se Paloma do futuro for tão incrível quanto Paloma do presente ela está de parabéns, porque você é absurdamente foda e não tem como ser diferente no futuro, meu amor.
    Te amo <3

  • Reply Alessandra Rocha 13 de agosto de 2015 at 21:07

    Palo, você é ótima! Amando ler essas cartas porque cada uma tem um tom diferente e ai <3 to ficando saudosa com esse futuro, é possível isso?

  • Reply Nana 13 de agosto de 2015 at 21:09

    Eu vi um post desse tipo tempos atrás para escrevermos uma carta para o futuro. Até registrei a minha no site para receber no email daqui uns cinco anos… vamos ver se dá certo!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

  • Reply Sharoneide 13 de agosto de 2015 at 22:46

    Definitivamente eu não estava preparada pra essas cartas. Acho importante a gente se lembrar de algumas coisas porque é bem verdade que uma parte delas acaba ficando pelo caminho. E a gente precisa se lembrar dessas coisas porque elas são importantes. A gente não pode pensar que amadureceu tanto que de repente não precisa mais olhar pra trás e aprender um bocadinho de coisas com quem fomos um dia.

    te amo <3

  • Reply Tatiane 14 de agosto de 2015 at 21:24

    Ai, acho essas cartas pro futuro tão fortes 🙁
    Não tenho coragem de fazer porque crio muitas expectativas para o que está por vir, tenho medo de ler la frente e ver que nada do que eu queria aconteceu, sabe? Considero você e todas as meninas muito fortes por conseguirem escrever algo assim, de verdade.

    Novembro Inconstante

  • Leave a Reply