Filmes, Listômetro

Meus 6 filmes favoritos da adolescência (que continuam na minha vida até hoje)

Sou, sempre fui e sempre serei louca por filmes adolescentes, e não me envergonho nadinha disso. Até hoje, sempre que vejo uma dessas belezuras no ar, paro tudo para assistir. Quando não está no ar, mas me dá vontade mesmo assim, paro tudo do mesmo jeito.

Não sei qual a receita desse tipo de filme para mexer com as minhas entranhas, talvez (provavelmente) eu ainda tenha espírito de adolescente e aqueles dramas sem fundamento nenhum apenas dialoguem belamente com os meus sentimentos. Talvez eles sejam feitos à base de crack. Talvez eles só sejam bons (ainda que daquele jeito “tão ruim que chega a ser bom”), mesmo que a gente se recuse a admitir.

Independente disso, esses abaixo são aqueles filmes que ocupam um lugar grande no meu coração até hoje. Do menos ao mais amorzinho.

operacaocupido

  1. Operação cupido

Nem sei nem se esse se qualifica como filme adolescente considerando que a LiLo era nada mais do que um baby nele. Sei apenas que vi esse filme pela primeira vez em épocas tão remotas que eu fiquei na dúvida se existiam duas meninas ou uma só, na “vida real” (sim). Provavelmente ele estaria mais apropriado em alguma lista de filmes de criança, junto com As Namoradas do Papai (amor eterno, amor verdadeiro), mas por algum motivo ele pareceu se encaixar na lista.

Para quem não conhece: LiLo1 e LiLo2 são menininhas que vão passar o verão em um acampamento e descobrem que são na verdade gêmeas idênticas separadas quando eram bebês pelos pais que tiveram a ideia mais imbecil do século acharam que seria bacana dividir a dupla para nunca mais ter que olharem para a cara um do outro, já que elas são iguais mesmo. Thumbs up pra eles.

paixaoaluguel

  1. Paixão de Aluguel

Hilary Duff, o que dizer dessa mulher sensacional? Só sei que Holly tem um blog, e que toda vez que eu vejo esse filme eu fico com uma vontade louca de blogar, porque sou esse tipo de pessoa. Ela tem a ideia mais estapafúrdia do século, só para enxergar a merda que fez quando não dá mais para voltar atrás. E isso, amigos, é totalmente a minha cara.

Para quem não conhece: Holly, sua irmã caçula e a mãe solteira vivem se mudando por aí cada vez que a mãe termina um namoro, até que a menina não aguenta mais e resolve criar um plano extremamente imbecil para fazer elas ficarem em NY (quem nunca?).

patribever

  1. As Patricinhas de Beverly Hills

O mais antigo da lista, e sensacional em tantos níveis. Meu sonho de toda a vida é um armário igual ao da Cher (não pelas roupas, obviamente), e frequentar o Ensino Médio em alguma escola dos Estados Unidos só pra ver se alguma coisa nesses filmes é real ou se a minha infância/adolescência foram uma mentira completa.

Para quem não conhece (really??): o filme conta basicamente a história de um grupo de patricinhas ricas e populares no ensino médio, com ênfase em uma delas: a Cher. Poderia ser parecido com o próximo da lista, mas não é, porque o filme não sala nada sobre como elas são pessoas escrotas, muito pelo contrário. São as cool kids mais gente como a gente que eu já vi por aí.

meninasmalv

  1. Meninas Malvadas

Eu sei que vai ter gente por aí (cof cof) um tanto chocada por esse filme estar só na terceira posição. Não me entendam mal: eu amo esse filme e pra mim ele sempre vai ser um clássico da minha geração (me julguem). Já assisti um milhão de vezes e vou continuar assistindo até eu morrer, e forçarei meus filhos a assistirem também. As piadas nunca deixam de ser incríveis, a história nunca deixa de ser sensa e as personagens ainda são maravilhosas. É só que eu estou me esforçando muito para fazer uma escala sincera, e para a minha versão adolescente, os filmes abaixo são imbatíveis.

Para quem vive em marte: o filme conta o que acontece quando Caddy, uma menina que acaba de se mudar da África e nunca frequentou uma escola, entra no ensino médio e começa a andar com as meninas populares e babacas da escola. Pura intriga adolescente e girl power.

freakyfriday

  1. Sexta-feira muito louca

Esse é o filme que me inspirou a começar a tocar violão/guitarra aos 12 anos. Esse é o filme que me fez querer desde sempre estar em uma banda (e ser ruiva). Esse é o filme que fez minha tia tirar a porta do quarto da minha prima uma vez (sim, e eu achei relevante mencionar). Esse é o filme que eu assisto agora muito menos que eu gostaria, mas que sempre vai ter um lugar único no meu coração. Cara, Jamie Lee Curtis; LiLo rebelde sem causa; terremoto terremoto; e, principalmente, aquela lição de moral brega e tão verdadeira. Já devo ter assistido esse filme mais de cinquenta vezes.

Para quem não conhece: LiLo (ops, Anna) e a mãe vivem brigando igual cão e gato, até que uma magia chinesa muito louca faz elas trocarem de corpo, e então elas precisam começar a se entender para poderem voltar ao normal. Rola toda aquela história de enxergar o mundo pela perspectiva da outra e bla bla bla assistam.

cinder

  1. A Nova Cinderela

Campeão eterno. Aquele filme que eu estou nesse segundo morrendo de vontade de assistir e que foi a inspiração suprema para a criação dessa lista. O filme que eu assisti cinco vezes em loop na primeira vez que aluguei na locadora, uma década atrás, e o que mais faz o meu coração doer (talvez por ser um remake da história da Cinderela que, como eu falei, eu amo de paixão). E só por isso encerrarei o post com um gif dele (apesar de ainda não ter encontrado pelas internetes o gif que eu mais quero na vida desde sempre).

Para quem não conhece: um soco no nariz. Brimks (?). É basicamente a história da Cinderela, mesmo. Sam era uma menina criada só pelo pai, Hal, que um belo dia resolve se casar com uma mulher muito escrota (e ilária) e morrer. Aí a Sam vira a empregadinha da família e vai morar no sótão — aquela história que a gente vê todos os dias — até que ela resolve ter seu dia de princesa e dar uma virada nessa história. E, claro, tem a Honda, a fada madrinha mais sensacional do universo inteiro.

fantasyreality

Se você não viu algum desses filmes que eu listei, lembrem-se sempre: ser adolescente depois de adulto pode e é muito diver. Então baixem essas preciosidades, sentem suas bundinhas e façam uma maratona.

Apenas porque não custa lembrar.

Apenas porque não custa lembrar.

Durante esse mês de abril, estarei eu participando do BEDA (blog every day in april), o que significa que todo dia tem post saindo do forno pra vocês. Me amem.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

15 Comments

  • Reply Thay 9 de abril de 2015 at 11:18

    Que delícia de post! Fiquei com vontade de largar tudo e emendar Meninas Malvadas, As Patricinhas de Beverly Hills e A Nova Cinderela – mas hoje é quinta, 11h da manhã e eu (deveria estar) estou trabalhando! Mas do final de semana essa vontade não passa, haha. (:

  • Reply Alessandra Rocha 9 de abril de 2015 at 12:44

    PALOMINHA MIM ABRAÇA!
    Aaaaaaaaaaaaaaaaamo esses filmes de paixão e não mudaria uma posição nesse seu rank (apesar de que: Paixão de Aluguel <3 <3 <3 <3) e faria menção honrosa à Confissões de uma Adolescente em Crise e meu coração dói toda vez que lembro na ~~coisa ~que menina LiLo se transformou! Tanto potencial perdido pro lado negro de Hollywood, tsc tsc tsc…

    Amo "A cinderella story" com toda a minha vida, mesmo meu amor pelo Chad Michael Murray ter diminuído consideravelmente depois que descobri que ele traiu a diva da Sophia Bush com a nojenta da Paris Hilton, mas Hilary Duff e meu exemplo de mulher a ser seguido! Ok, ela sofreu com disordem alimentar, mas ela conseguiu se recuperar e hoje tem um fiilhinho fofíssimo, ta gostosa e continua talentosa! #ai #sdds haha

    Gostei muito! Mesmo!

    Beijo (;

  • Reply Analu 9 de abril de 2015 at 12:47

    Levei um susto quando vi Mean Girls na 3ª posição porque quando comecei a ler o post tinha certeza que ele estaria lá no final com o troféu na mão, HAHAHA. Eu acho uma delícia Operação Cupido. Outro dia ele tava passando no Disney Chanel e eu e minha irmã estávamos assistindo e passamos o filme todo falando sobre COMO ESSES PAIS TIVERAM A IDEIA MAIS IMBECIL DO UNIVERSO. Amo a ficção.
    Acho a proposta de sexta-feira muito louca muito ótima, da mãe e da filha se entenderem vendo a ótica uma da outra, mas acho o filme um saco.
    A Nova Cinderella eu assisti uma vez só e lembro que não teve tanto impacto assim na minha vida, mas que era fofo. <3
    Beijos! Te amo!

  • Reply Garota Zona Sul 9 de abril de 2015 at 19:05

    Amiga, joga uma tamanca na minha cara, porque acho que só vi A Nova Cinderela uma vez no cinema (!!!!!!!)
    Corri pra ver que NÃO TEM NO NETFLIX, então vou correndo baixar!!!!!!!!!!!!!!!! Preciso.

    Ah, percebi que LiLo foi a adolescente que marcou a sua geração, né? Vou refletir quem foi a minha (acho que não teve). E ai, gente, não lembrava dessa ideia patética de que os pais tinham se separado assim hahahahahahah ai, lógica.

    Piu <3

  • Reply Anna 12 de abril de 2015 at 18:37

    AAAAFFFFFFFFF ONDE VOCÊ TAVA QUANDO EU TINHA 13 ANOS?
    Porque todos, absolutamente todos, os filmes da sua lista estão na minha. Desses de alugar mil vezes, e ver mil vezes quando aluga, saber as falas, querer ser a Lindsay Lohan, pensar muito se sou team Lilo ou team Hilary Duff e outros conflitos mega importantes. Não sei qual é meu favorito absoluto? Sempre muda. Mas por muitos anos foi A Nova Cinderela, viu? Saudade de quando vimos esse filme juntas e cantamos as musiquinha tudo <3
    te amo!

  • Reply Carol 12 de abril de 2015 at 23:21

    Gente, a cada filme desse post eu dava um mini pulinho de empolgação “meu deus esse filme que saudades desse filme AI MEU DEUS ESSE AQUI TAMBÉM” e repete várias vezes hahah Gente, A Nova Cinderela, quantas multas meu pai já não pagou na locadora porque eu me recusava a devolver sem assistir mais 30 vezes? <3
    Você deixou morrendo de vontade de reassistir tudo.

    E eu passei boa parte da vida achando que eram realmente duas pessoas que faziam Operação Cupido. Pense no trauma.

    Beijo!

  • Reply Milena 13 de abril de 2015 at 00:14

    AMIGA! QUE ÓTIMO TOP!
    Confesso que doeu um pouco meu coração ver que falta De Repente 30, mas tudo bem, estamos aí pra isso. E notou que temos todo um tema LiLo rolando? E mesmo assim a Hillary ganha o primeiro lugar? Ai, anos 2000, bons tempos.
    Amo quase todos do seu top, só o operação cupido que deixaria de fora. Mas nossa, A Nova Cinderela, que sentimento. “Waiting for you is like waiting for rain in this drought: useless and disappointing” FEEEEEEEELLLLSSS
    Olha, amei seu blógue novo. Quero ter tempo de ler desde o início. Tá magnífico.
    TE AMO <3

  • Reply Gab 13 de abril de 2015 at 20:30

    É com muita vergonha que confesso que nunca assisti Paixão de aluguel e A Nova Cinderela. Já podemos marcar um dia na tua casa, né miga?
    Eu também não tenho vergonha nenhuma de amar esses filmes, mas queria ter mais tempo para largar tudo e ver. Sdds.
    Meninas Malvadas é meu preferido da tua lista! Lilo maravilhosa, imortal em nossos versos. Hahahaha
    Te amo! <3

  • Reply Vanessa 17 de abril de 2015 at 12:55

    Na minha listinha Operação Cupido e Meninas Malvadas não ficariam de fora! Gosto bastante dos outros filmes que listou, mas acho que na minha lista teria o primeiro O diário da princesa, Ela é demais, Curtindo a Vida Adoidado e alguns da Amanda Bynes. Afff que nostalgia agora haha

  • Reply Fernanda 18 de abril de 2015 at 11:42

    Acabei de sair do post da Anna com essa temática e (não foi de propósito) caí no seu e estou aqui morrendo de vontade de rever tudo. Que post delicioso, que temática linda! Eu amo de paixão todinhos esses filmes. Também me perguntei muito tempo quem eram as ‘gêmeas’ de Operação Cupido, que é um dos meus filmes de infância favoritos.

    Acho que Paixão de Aluguel é um dos filmes da Hilary menos amados, mas eu acho tão maravilhoso! Tem blog, tem confeitaria, tem apartamento no Brooklyn (né?) e ainda por cima tem o Ben Feldman, que eu mal sabia que ia me fazer sofrer tanto em Mad Men. Mas anyway: nada supera A nova Cinderela! Nada. Acho corretíssimo pôr tanto ele Sexta-feira muito louca na frente de Meninas Malvadas.

    E As Patricinhas de Beverly Hills vivia passando na tv a cabo e, não vou mentir, TODAS as vezes que eu podia, eu deixava lá e começava a ver da parte em que estivesse.

    Beijo! Amei esse post <3

  • Reply Mih 20 de abril de 2015 at 14:20

    Que amor! Assisti todos esses filmes em minha adolescência e, olha, que saudade! <3

  • Reply Sharon 22 de abril de 2015 at 19:04

    Amiga, eu tô agradecendo o universo por ter feito a gente se esbarrar, mesmo que um pouquinho tarde, mas tudo bem. Porque uma pessoa que a) ama MCR e b) ama filmes adolescentes e c) não tem vergonha nenhuma disso, tinha que ser minha amiga. Obrigada mundo. As Patricinhas de Beverly Hills e Meninas Malvadas. Mas amo tanto os outros, meu Deus, quero uma maratona de filmes teen pra ontem? Só senti muita falta das irmãs Olsen porque né, Olsen plmdds, quero.

    te amo <3

  • Reply Lilica 26 de abril de 2015 at 21:18

    Palo amada da sua relação eu só assisti Patricinha de Beverly Hills mas esse fato pode ser muito bem explicado pela nossa diferença de idade, logo, diferença de anos entre a minha adolescência e a sua!
    Mas o fato é que, qualquer filme adolescente, bobo, desses de Sessão da TArde, são a melhor forma de passar o tempo. Dá uma nostalgia boa né!

    Beijos e contando os dias para te apertar!

  • Reply Amanda Tracera 27 de abril de 2015 at 16:25

    Gente, o único filme dessa lista que eu não conheço e amo é Paixão de Aluguel, mas já ouvi tanta coisa positiva que tô pensando aqui por quê ainda não parei pra ver. Providenciarei. Hillary Duff e LiLo são tão maravilhosas e aparentemente estiveram tão presentes na sua vida que não é possível que a sua adolescência tenha sido ruim (pelo menos em termos cinematográficos, haha). É provável que eu já saiba as falas de Meninas Malvadas e de A Nova Cinderela, mas não canso de ver esses filmes e amar esses atores todos que me derretem o coração. <3 <3 <3

    Outro que eu amo e que não tá aqui é 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você. Não sei se foi importante na sua adolescência, mas, meu deus, como esse filme me marcou. AHAHAHAH

    Beijo grande!

  • Reply Gabriela 28 de abril de 2015 at 22:18

    Amor por todos esses filmes! Lindsay Lohan e Hilary Duff muito marcantes na minha adolescência e pré. Via direto Sexta-feira muito louca! E As Patricinhas de Beverly Hills é da minha infância pra vida, Dos favoritos! <3 Pra mim ainda tem Legalmente Loira 1 (o 2 é muito ruim).

  • Leave a Reply