Pessoal

Aplausos, por favor.

Existem milhões de coisas nessa vida que eu quero fazer. Muitas, muitas mesmo. Algumas delas estão encadeadas, outras não. Encadeadas do tipo. Quero viajar, então quero passar em um concurso, então quero terminar a faculdade, então quero ser uma aluna decente. Ou seja, uma sequência lógica de quereres que se encadeiam e representam condições (ou pelo menos formas de alcançar) um outro querer.
Ocorre que os meus quereres às vezes são meio preguiçosos. Alguns dias eu sou a cara da motivação, fazendo tudo para conseguir o que eu quero. Outros, eu simplesmente sucumbo a coisas mais cômodas e divertidas no momento. Só que eu cansei.
Cansei de perder o ímpeto no meio do caminho, cansei de nunca terminar nada, cansei de não alcançar um querer porque tive preguiça (porque eu sou a cara da preguiça mesmo). E precisei bolar um plano para manter a minha natureza selvagem sob alguma espécie de controle.
Eu sou uma “estrela” nata. Não que eu saiba fazer grandes coisas, nem quero ser muito famosa e badalada, só que todo mundo gosta de um pouco de plateia. E é assim que eu resolvi me controlar: preciso pelo menos imaginar que tem alguém (além de mim) vendo e fiscalizando o que eu faço.
Meu plano é o seguinte: fundar duas vertentes aqui do blog, que vão se somar ao meu projeto paralelo para cobrir as áreas principais que eu quero controlar. As áreas são: estudos, escritos e leituras. Eu vou estabelecer metas progressivas e ao mesmo tempo criar “sessões” aqui no blog no esquema de verdadeiros “diários” (ainda que a frequência não seja realmente diária) para que eu possa pelo menos me iludir fingir que alguém aí fora se importa.
Então não se assustem se algum dia vocês chegarem por aqui e encontrarem um post aparentemente sem sentido (brincadeira) com a tag “Diário de uma aspirante a escritora” ou “Diário de uma suposta concurseira”. Quem se interessar, sinta-se livre para acompanhar minha vida à vontade. E, mais importante: não se esqueçam de aplaudir.

O blog Fala Urupês? acabou de lançar uma coluna com o tema similar a esse – de onde eu emprestei a inspiração (veja a estreia aqui). Os propósitos da coluna deles e da minha tag são diferentes (pelo menos pelo que eu entendi), mas a saga e o objetivo são um só. E eu tenho certeza que a Fernanda e a Mari vão me dar muitas dicas ótimas.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply Tailany Costa 22 de julho de 2013 at 02:06

    Hahha eu adorei o gif dos aplausos, rs.
    E eu me importo contigo, sim, portanto adorarei seus posts pessoais. 😉

    Sim, te indiquei numa tag lá no blog, olha: http://despindoestorias.com/2013/tag-11-fatos/
    Beijo! 🙂

  • Reply del 22 de julho de 2013 at 13:27

    Olha, na correria dessa vida que só nos obriga a deixar as coisas pela metade ou simplesmente abandonar um monte de sonhos pelo caminhos, a gente tem que mas é usar de todas as armas disponíveis. O blog, pelo menos pra mim, é o melhor lugar que existe pra me obrigar a me comprometer com algum projeto hahaha 😛

  • Leave a Reply