Pessoal

De mudança…

Ano novo, blog novo. Tecnicamente. Devido à problemas técnicos com o outro servidor agora a gente ta de casa nova. Template novo também, esse fui eu que fiz, mas paciência que eu ainda to me aperfeiçoando, pelo menos agora temos algo nosso, e exclusivo, sem ter que pagar por isso ou pedir pra ninguém. Eu acho que eu já nasci com o espírito ‘faça-você-mesmo’, eu gosto de desafios. Em breve, para a minha felicidade, vou trazer o arquivo do blog, que era a única coisa que me segurava lá, pra cá, e então minha felicidade vai ta completa!

E o ócio criativo parece ter voltado. É que até agora a pouco eu tava usando todo o meu cérebro em prol da minha fic, que agora já ta acabando, e eu vou voltar com força total pra cá, porque eu tava me sentindo muito desnaturada e desligada do mundo estando longe.

Atualidades… Bem, as coisas continuam de mal a pior, a violência só aumenta, ta todo mundo com medo, o Lula ainda ta lá com o povo dele fazendo o que bem entendem, todo mundo já ta imunizado, ninguém se importa mais.

Música… Parece que resolveram invadir o Brasil, não? 2007 bombou de gringo, e agora 2008 que tá só começando já ta superando o ano que acabou. Acho que o Brasil acabou de ser descoberto. Não que eu reclame, muito longe disso, pra falar a verdade exatamente o oposto. É bom finalmente ter contato tão próximo com as coisas que a gente gosta.

Cinema… Dá pra me dizer por que cargas d’água só porque é epoca de férias escolares os filmes infantis tomaram absolutamente todo o espaço no cinema? Não que não sejam bons, fui ver encantada semana passada e absolutamente adorei, mas será que eu vou ter que ir num cinema que tenha 125 salas (UCI New York salva vidas!) pra conseguir ver algo diferente disso? Indicaram (não me pergunte quem) ‘Amor nos tempos do Cólera’ essa semana, ou na que vem eu devo assistir, aí eu repasso a indicação, ou não. Pra essas férias ainda devo assistir ‘P.S. Eu te amo’, não que tenha me chamado muito a atenção, mas já li em muitos lugares para não julgar um livro pela capa, então.

Boletim do tempo… A vida é bela e o tempo refrescou. De derreter o cérebro de qualquer um o calor que tem feito aqui no Rio! Parece que resolveram colocar a gente dentro de um forno de microondas gigante. Obviamente eu estou plenamente consciente que isso é obra pura de nós mesmos, e da beleza do Efeito Estufa que a gente continua alimentando, mas falar é fácil, se a mesma quantidade de pessoas que falam fizessem as coisas dificilmente estariam do jeito que estão.

Televisão… Outro dia eu tive a infeiz idéia de assistir a novela das nove da nossa adorada Rede Globo. A invasão na comunidade foi uma das coisas mais absurdas que eu já vi na televisão brasileira. O invasor fica do lado de fora, gritando, esperando até o cara sair, e esse, quando resolve me aparecer vem com uma bazuca na mão! Bazuca?! Deus me livre! Coisa patética, surreal, absurda. Então a tal da filha do pastor sai de casa, no meio do tiroteio, cantando. Só me aliviou um pouco quando ela morreu. N0ão é maldade minha, é que eu queria ver se chegaria ao ponto dela ainda conseguir sair viva. Então eu me dei por satisfeita, desliguei a televisão e fui fazer algo mais útil da minha vida.

Juro que nunca fiz um post com tanta cara de jornal de domingo, e talvez também tenha ficado um pouco longo demais. Acho que só senti saudades de casa.

Primeiro texto postado no Uol blog, inaugurando o pseudônimo de Menina do nariz vermelho.

Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply