Pessoal

E o remorso

Eu tenho um grande GRANDE defeito. Não que eu só tenha um, mas se eu sair explanando tudo de uma vez por aí, o que vai ser da minha reputação, certo? Mas, de qualquer jeito, esse é um dos que mais me incomoda e está comigo desde que eu consigo me lembrar.
Eu me considero uma pessoa muito persistente (sério mesmo). Não é uma dificuldadezinha qualquer que me tira do meu caminho e me faz desistir. A não ser daquilo que eu nunca quis muito mesmo, mas né. Acontece que projetos a longo prazo são meu calcanhar de Aquiles. Eu coloco um plano na minha cabeça e começo com todo gás. E vou seguindo. Aí passa um tempo e aquela falta de resultado começa a me incomodar, mas eu insisto. Até que passa mais um tempo e eu me irrito de vez. E desisto. Até, claro, eu resolver tentar e novo e voltar pro começo.
Isso é grande parte da razão de eu não tocar violão bem, de meu blog de livros estar abandonado tem um bom tempo, de eu ter chegado aos meus dezenove anos e meio sem conseguir terminar nenhum livro (pelo menos uma fanfic consegui terminar) e de muitos outros insucessos na minha já-não-tão-curta vida.
Se eu pudesse pelo menos desistir e seguir com a vida, esse defeito não me incomodaria tanto. Só que, infelizmente, eu desisto e aquilo fica me remoendo por dentro. Eu não desisto e desencano. Eu desisto e fico imaginando o que viria depois. Como seria se eu tivesse conseguido terminar. Onde eu poderia ter chegado com aquilo se eu fosse um pouquinho mais paciente. Se alguém conhecer a receita da paciência, tô pagando bem.
Mas, como eu sou persistente (e isso é mais uma prova) eu nunca desisto de tentar. Não importa quantas vezes eu desista de uma tentativa, se eu realmente quiser aquilo, é certeza que eu vou tentar tentar de novo um milhão de vezes. Quem sabe pelo resto da minha existência. Se algum dia virem um livro meu por aí, saibam que eu tive sucesso uma vez na vida!
Previous Post Next Post

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply Fran Carneiro 8 de janeiro de 2012 at 19:54

    Eu sou muito assim também, especialmente na parte de ficar com remorso. HAHAHA. Me identifiquei. Apesar da demora, eu aprendi que tem planos que eu não posso desistir, jamais. Mesmo que eles tenham que ficar mornos por um tempo…

  • Reply Lilica 9 de janeiro de 2012 at 15:24

    Sei bem o que é isso. Vivo desistindo de tudo e depois também me arrependo. É uma maldade com a gente mesmo né! Acho que temos que parar com isso viu! Até porque ninguém é perfeito, então qual o problema da gente desistir das coisas? Faz parte da vida. Beijos

  • Reply Vanessa 10 de janeiro de 2012 at 12:03

    Nossa, e eu achando que tinha um defeito ruim, que é não querer desistir nunca e ficar aturando coisas chatas. Remoer é pior! Mas não fique assim. Fique tranquila com suas escolhas!

  • Leave a Reply