Pessoal

Em branco

Férias sempre me deixam com uma super sensação de nada. Não se enganem, eu amo férias, eu faria isso da vida sem reclamar se eu pudesse. Mas essa sensação de nada é inegável.
É como se o dia perdesse o objetivo, sabe? Mesmo que eu arrume a casa, faça a comida, saia, leia, jogue jogos nerds e o que mais eu conseguir inventar, o nada continua.
Acho que talvez eu esteja tão acostumada a funcionar sob pressão, ou ao prazer de fazer todas essas mesmas coisas, mas sabendo que deveria estar fazendo algo completamente diferente, que é estranho fazer por fazer. Perde a graça. É liberdade demais, e eu não sei bem o que fazer com ela.
A verdade é: eu nunca aprendi a fazer as coisas pelo simples prazer de fazê-las.
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply