Pessoal

Em crise de abstinência

Eu vou ser muito sincera. E para isso eu vou começar dizendo que eu ponderei bastante antes de vir aqui fazer esse post. Falar sobre livros é cult, falar sobre novela é meio vergonhoso. Mas é isso que eu vim fazer.
Quando eu era bem novinho (e isso quer dizer por volta dos 3, 4 anos) eu era uma noveleira de primeira, das melhores que você pode encontrar por aí. Depois eu fui crescendo, não tanto de tamanho, mas envelhecendo, e abandonando esse vício aos poucos.
Eu não acompanhava assiduamente uma novela tinha um bom tempo, até começar Escrito nas Estrelas. Ela me conquistou já antes de começar, e depois que de fato começou, os dias deixaram de ser dias, e todas as horas emtre as 19h de um dia e as 18h do dia seguinte passaram a ser só passagem de tempo para ver o que ia acontecer em seguida na trama.
Patético, eu sei. Mas que atire a primeira pedra quem nunca se apegou tanto a um personagem – de livro, filme, novela, não importa – que quando a história finalmente chegou ao fim, deixou um buraco estranho e uma saudade inexplicável e sem sentido.
Aqueles personagens entraram em mim, eu vivia muito mais a vida deles do que a minha. Não existem histórias tão contagiantes na vida real, pelo menos não na minha vida real.
Hoje eu estou meio perdida. Meu dia parece um pouco sem objetivo. Não posso mais dizer para a minha mãe de manhã ao sair “mais tarde a gente se encontra pra ver a novela”, não posso mais correr para ver o capítulo perdido do dia no youtube. Não tem mais o amor eterno na mais verdadeira concepção do termo entre o doutor e a empregadinha. A eterna história da cinderela que conquista qualquer um.
Daqui a alguns dias essa sensação ruim com certeza passa, e eu vou reaprender a viver o dia sem precisar de uma motivação sem sentido e sem essa saudade absurda de gente que não existe, pelo menos não de carne e osso.
O que a televisão não faz com uma pessoa.
Previous Post Next Post

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply Ana Luísa 27 de setembro de 2010 at 22:57

    Ei Paloma!
    Eu super ouvi a música Angel por horas a fio na sexta e no sábado.
    E eu sou noveleira de primeira, e também sinto altos vazios quando minhas novelas acabam. Coração de Estudante me deixou um vazio enorme, e cabocla também! Em escrito nas estrelas eu não era tão viciada. Mas perdi alguns minutos pensando no fim do Gilmar, hahahaa.
    Beijos!

  • Reply Gab 29 de setembro de 2010 at 00:28

    Ai eu também amava Escrito nas Estrelas. Como é bom encontrar alguém que não tem vergonha de admitir que gosta de novela. (:
    Mas me diz: gostou do final do Gilmar? Achei meio nada a ver sabe? haha.
    Beijo

  • Reply Camila 1 de outubro de 2010 at 22:28

    kkkkk bizarro isso!
    Eu me apego MUITO em seriados americanos,
    mas em novelas (da globo ainda) não
    existe possibilidade, já que não vejo televisão…

    Logo você encontra outra
    motivação pro seu dia! HAHA

    beeijoca!

  • Leave a Reply