Pessoal

Eu e minha boca grande

ou  O dia em que eu quase morri
Antes de tudo, explico que na minha faculdade existem dois elevadores. Eles levaram um milhão de anos para serem instalados. Tempo no qual eu tive que subir e descer os quatro andares de escada todo santo dia, e sempre chegava na sala quase morrendo (condicionamento físico mandou lembranças). O primeiro acabou ficando pronto, e a preguiça voltou a imperar. Aguento uma fila quilométrica para pegar o elevador, mas não subo de escada. Acontece que esse primeiro funciona bem. Mas o outro, que ficou pronto depois, de vez em quando dana a prender gente.
Estava eu, com duas amigas, a espera do elevador, quando resolvi contar que suspeitava que o troço tinha ficado preso de manhã cedo, porque ouvi uma espécie de sirene enquanto subia no outro. Só Deus sabe de onde saiu essa ideia de girico de comentar o assunto bem na fila do elevador, mas eu tenho lapsos de vez em quando.
Como era de se esperar, o elevador ruim chegou primeiro. Murphy, sempre me sacaneando. Apavorada com o meu “causo”, uma das meninas resolveu ficar pelo térreo e esperar o outro, e nós embarcamos no bicho, rindo da cara dela.
Chegando ao terceiro andar, ele deu a sacudidela habitual (habitual mesmo, não é brincadeira) que já nos deixou ligeiramente assustadas por causa do clima de tensão que eu, inadvertidamente, deixei no ar. Subimos mais um pouco até que, meio metro acima, o negócio parou de vez, com um barulho pra lá de tenso.
O marcador do andar indicava o número 3, mas as portas abriram e mostraram apenas um muro de concreto. Pois é. Eu e minha boca grande. Estávamos eu, minha amiga e dois garotos lá dentro. Agarrei o braço dela e apertei com todas as minhas forças, quase tendo um ataque. Ninguém se mexeu por alguns segundos, pra checar se o treco não ia despencar ou algo do tipo. E ainda tive que ouvir um “calma, Paloma. Se for morrer, morre calma, pelo menos”. True story.
Finalmente minha amiga resolveu fazer alguma coisa. Sabe deus lá que botão ela apertou, mas as portas fecharam e o elevador desceu de volta para o térreo. Quase atropelei o garoto que tentou sair na minha frente e pulei no pescoço da amiga que continuava parada na porta, com a maior cara de paisagem, sem nem desconfiar da nossa aventura. No fim das contas, ela que foi a mais esperta.
Mas uma coisa, com certeza, eu aprendi: nunca mais falo que um elevador deu defeito logo antes de entrar em um (principalmente se for o mesmo). Porque, com uma boca feito a minha, só Jesus mesmo.
Previous Post Next Post

You Might Also Like

20 Comments

  • Reply Mayra 24 de abril de 2012 at 18:37

    HAHAHAHAHAH causo pra contar pros netos esse, hein?
    Na minha ex-escola era cheio disso… O elevador carregava muita gente e chegava num ponto que nao aguentava mais, uma vez aconteceu a mesma coisa comigo (tirando que eu não tinha premeditado o ocorrido), mas foi minha amiga que saiu correndo que nem desesperada e eu morri de rir dela. O elevador da minha casa faz isso as vezes, ele é daqueles velhões e dá muuito medo, tem um botão que vc aperta e ele para onde estiver, sem saber fiz isso uma vez e quse caguei nas calças, rs.
    Quanto ao da faculdade, GRAÇAS ao pai existem seis, mesmo assim há uma fila quilométrica, mas pelo menos eu não preciso subir NOVE andares de rampa, o que massacraria minha humilde pantorrilha – e pulmão, coração, etc. O de lá é MUITO velho também, dizem que ano passado vivia parando e que até caiu, nada parecido rolou até agora, então ainda estou confiando em todos hahaha
    Elevadores: perigo da vida moderna 🙂

  • Reply Alessandra Rocha 24 de abril de 2012 at 19:46

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAH não sei se voce coonhece um causo do Chico Xavier,em que ele andava de avião e no meio de uma turbulência ele achou que fosse morrer, seu espirito conselheiro disse para ele se acalmar e ainda soltou um “cala boca e morra com educação” ou alguma coisa do tipo!

    E ainda no colegial eu tinha uma brincadeira com meus amigos dizendo que “eu tenho medo do mesmo” sabe, aquela plaquinha que diz “antes de entrar no elevador verifique se o mesmo encontra-se neste andar”? hahahaha é besta, mas rendia boas risadas. E que fase hein?

    Beijo

    • Reply Paloma 8 de maio de 2012 at 15:17

      Hahahaha Alê, conheço o ‘causo’ do Chico, sim. Vi no filme! Nem tinha lembrado, mas realmente: Letícia pagando de Chico Xavier.

  • Reply Gabriela, 24 de abril de 2012 at 22:18

    HAHAHA, ai credo! Tenho pavor de elevador trancado! Isso só me aconteceu quando eu era criança e meio que me traumatizou, mas claro que a preguiça fala mais alto e eu acabo pegando o elevador, sempre com aquela agonia. hahaha
    Beijo <3

  • Reply Natalia 24 de abril de 2012 at 22:20

    HAHAHAHAHAHAHAHA. Pelo menos não tiveram que acionar a sirene, ia ser mais mico ainda! HAHAHA, mas a sensação de o elevador abrir e ti ver só a parede é tensa mesmo, já me aconteceu!

    Beijos

  • Reply Ana Luísa 24 de abril de 2012 at 22:23

    Hahaha, eu não tenho tanto medo de ficar presa em elevador, mas se a porta abrir no concreto, eu SURTO!

  • Reply Deyse Batista 24 de abril de 2012 at 23:53

    Eu NUNCA andei de elevador sozinha, porque eu tenho uma teoria parecida com a que você teve que escutar: se for pra morrer, ao menos não morro sozinha. E olha que meu apartamento é no oitavo andar…
    E não quero nem pensar em estar no seu lugar, Palominha! Se fosse eu tinha ficado branco-gelo por umas boas horas.

  • Reply A felicidade é um estado de espirito 25 de abril de 2012 at 09:55

    ha ha ha, SE FOR MORRER MORRE CALMA? ESSA FRASE FOI ÓTIMA…. NÃO TENHO MEDO DE ELEVADOR, TENHO MUITO MAIS MEDO DE ALTURA DO QUE QUALQUER COISA OUTRA COISA.

  • Reply Milena M. 25 de abril de 2012 at 13:17

    Tenho erteza que um dia vou ficar trancada num elevador e essa perspectiva me deixa morrendo de medo. Sério, olha pra um elevador! NÃO É POSSÍVEL!
    Fico feliz que você tenha vivido, Pá! Não morra num elevador, é muito Tamanho 42 não é gorda, da Meg Cabot.
    Beijo!

  • Reply Thay 25 de abril de 2012 at 22:20

    Pavor de ficar presa em elevador! Geralmente não tenho medo nem nada de andar neles, mas no da minha faculdade eu me recusava a usar. Subia sem medo os três lances de escada. O elevador de lá já era meio pré-histórico, de dar medo mesmo. E outra que depois que subi em um elevador de obras, haha, esses de prédio são super tranquilos. 😀
    Beijo!

  • Reply gabriela m. four 26 de abril de 2012 at 18:15

    OXE! HAHAHAAHA .
    Eu imaginei tudo, tudo. Desculpe por rir da sua desgraça, mas é engraçado >< HAHAHAH

    Mas falando sério, não tenho medo de elevador nem nada, ando nele numa boa, mas acho que morreria de ‘um treco’ se ficasse presa em um.
    Uma coisa é passar 10s dentro dele, outra é ficar lá naquele cubículo de ferro, aço, ou seja lá o que for =~~

    Ainda bem que não foi nada além do susto, hein? :**

  • Reply Vanessa 26 de abril de 2012 at 18:53

    HAHAHAHAHAHA ri demais com seu “causo”. Eu já fiquei presa nos elevadores da UFF várias vezes. Eu sempre fico calma ao extremo nesse tipo de situação. Nem sei como. Instalaram na UFF agora aqueles elevadores que falam…tenho mais medo desses.

  • Reply Tay 26 de abril de 2012 at 19:22

    Hahahahahahaha Ô Pa, fiquei fazendo um filminho mental e imaginando a sua cara de medo enquanto eu lia!! Isso já aconteceu comigo, num elevador muuuuito velho da Biblioteca Central da universidade. Mas logo o troço voltou ao normal.

  • Reply Nathália Casemiro 28 de abril de 2012 at 18:21

    Pah, já pensou se…. Hahahahaha

  • Reply Flá Costa 29 de abril de 2012 at 12:44

    Hahaha menina, não pode falar essas historias nessas horas não! É como gritar gol antes da hora, dá azar! rs… mas olha, até que vocês ficaram pouquinho. Uma vez na faculdade tbem, eu fiquei presa 20min, com o elevador lotadinho! Até hoje penso duas vezes antes de subir em um.

    Beijinhos

  • Reply Mari 29 de abril de 2012 at 18:12

    HUAHAUHAUA ri demais com o post!! Já aconteceu isso várias vezes comigo, tanto no meu prédio como em outros locais.
    Boca santa a sua hahahaha adorei o post.
    Beijo!

  • Reply Mundobrel 30 de abril de 2012 at 14:56

    Morro de medo de elevadores! hahaha

  • Reply Emi 30 de abril de 2012 at 16:04

    hhahahaha Ri muitooo! Eu ia ficar apavorada também na hora que desse de cara com o muro. kkkk Mas pelo menos vocês tiveram uma aventura, oh! kk

  • Reply ingrid 1 de maio de 2012 at 21:42

    moral da historia : nao devemos andar de elevador com voce!

    hahaha brincadeira. acabei de chegar no seu blog e j to fazendo piada.. mas imagino o seu desespero de dar de cara com a parede!

  • Reply Tary ♥ 6 de maio de 2012 at 02:12

    Palominha, que medo! E como assim se for pra morrer, morre calma!? Gente, não! Não mesmo! Se for pra morrer, morra apavoradíssima como um ser humano normal, hahaha!

    O elevador do meu trabalho também é meio tenso. E uma vez eu fui entrevistar um cara no Procon e o elevador de lá FECHOU EM MIM. Pensa no pavor? Pessoa ficou PRENSADA no elevador feito um misto quente!

    Mas sobrevivi pra te contar isso, graças a Deus! Hahaha

    Beijo!

  • Leave a Reply