Pessoal

Sobre nada

Hoje eu vim aqui fazer algo que eu nunca fiz: falar de nada. Não sei qual é a dessa mania horrível que eu tenho de ter que falar sempre sobre algo. Talvez seja por isso que eu passo tanto tempo calada, tanto no “mundo real” quanto aqui no blog. A questão é que esse nada me deixa desconfortável, eu me sinto sem rumo. Então eu trato logo de ir arrumando algum assunto.
Hoje comecei um novo estágio, mas não falarei sobre isso ainda. Quem sabe daqui a uma semana, quando eu tiver algo a contar. Só mencionei o fato para explicar qual vai ser meu segredo para manter a sanidade enquanto todos os casais (mesmo os que estão em crise 90% do tempo) se beijam e trocam presentes. Não, não estou deprimida com a data de amanhã — é só meu draminha típico, mesmo. Além do mais, já tenho minha —  nada romântica, diga-se de passagem — programação completa: estudar para a prova de quarta, ir pro trabalho, ir ao pilates e finalmente desmaiar sozinha na minha cama macia.

Indo de alhos a bugalhos, já que estou mesmo decidida a não falar nada, estou tentando (de novo) reformar o blog. Mudei o layout, estou fazendo algumas mudanças nas categorias e estou considerando trazer algumas novas abordagens. Novas abordagens? É, isso soou estranho até para mim. Queria só dizer que estou considerando escrever alguma resenha sobre um livro ou um filme aqui ou ali, nada demais. Algo relacionado a moda também me passou pela cabeça, mas essa parte eu já não garanto tanto, acho que essa história toda ia ficar muito esquizofrênica.

Se algo disso vai virar realidade, só mesmo esperando para conferir os próximos capítulos dessa coisa sem sal que é a minha vida. Brincadeira, minha vida é linda. O resto é verdade. Quem achar essa história toda uma maluquice sem tamanho e que eu devia mesmo era arrumar alguma coisa para fazer da vida, sinta-se livre para dizer, também. Sou adepta da liberdade de expressão. Ou simplesmente não digam nada, para não se arriscar a criar algo tão sem-noção quanto esse texto.

Feliz dia dos namorados!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply Mariana 11 de junho de 2012 at 22:43

    Dizem que a proposta de Seinfield era para ser “um programa sobre nada”. E não é por nada não, mas eu curti mais o teu post sobre nada que os últimos episódios que eu assisti… 😉

    Fico a espera das mudanças!

  • Reply Ana Luísa 12 de junho de 2012 at 00:13

    Eu te entendo.. em mais um dia dos namorados vazio de calor, só me resta falar sobre drama, ou sobre nada..
    Feliz dia dos namorados, Pá!
    Beijos!

  • Reply Nina 12 de junho de 2012 at 00:36

    Sinto uma saudade imensa de blogs que tratam do nada, sabia? Porque, hoje em dia, as pessoas estão tão interessadas em falar de suas roupas e outras aquisições materialistas, que sinto falta de me identificar com uma guria que começou um estágio, por exemplo. Já estive nesse barco. Te desejo sorte.
    Abraços.

  • Leave a Reply