Pessoal

Sobre “ser bom em algo” (5/7)

O que eu mais ouço/leio por aí é “seja bom”, “se esforce para melhorar”, “produza um bom conteúdo” e o público/mercado/mundo te reconhecerá. Só que eu não tenho tanta fé assim nesse ditado popular.

Pode parecer papo de recalcada, mas eu juro que eu sempre me esforcei, sempre dei meu melhor, sempre tentei melhorar, e qual foi o resultado? Tudo bem, não posso dizer que não foi nenhum, mas também não foi nem de longe isso tudo que esse povo otimista fala.

Ao mesmo tempo, o que a gente mais vê por aí é gente que não se esforça, não se dá ao trabalho de fazer uma revisão simples de um texto que escreve, que não se embasa, que fala qualquer porcaria… E está aí, no topo das paradas. E foi assim que eu cheguei à conclusão que o mundo é simplesmente injusto. Para alguns é mais fácil do que para outros.

Eu sei que a culpa de eu ter tido um dia ruim não é de vocês, esse texto está deprimindo até a mim mesma, e ninguém aguenta gente rabugenta. Só precisei tirar esse desabafo da minha cabeça e lançá-lo para o mundo.

Sendo mais realista, dessa vez, algumas vezes o “sucesso” é realmente injusto. Outras vezes, a deficiência no conteúdo é simplesmente compensada por outras áreas (quem menospreza o marketing não vive na mesma época que eu). Áreas essas que eu preciso urgentemente de umas aulinhas.

No fim das contas, cada um tem seus pontos fracos e fortes, e universo gira como bem entende. E o meu recalque e meu mau-humor ainda não estão grandes o suficiente para alterar a órbita da Terra. Só quero deixar claro que aplaudo de pé o sucesso merecido.

Claro que um pouco mais de tempo livre também não faz mal a ninguém…

Previous Post Next Post

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Mayra 9 de agosto de 2013 at 04:39

    Ai, também sofro disso. Cresci ouvindo que tinha que dar meu melhor, mas nunca entendi o objetivo e sempre fui folgada. Sempre. Arrependo-me horrores porque sempre vejo gente folgada, mas com contatos se dando bem e gente esforçada se dando bem simplesmente por ser esforçada e eu aqui, vendo séries, lendo livros, conversando com pessoas e dormindo. A mim creio ser apenas isso que resta. Infelizmente.
    Que dias melhores venham <3

  • Leave a Reply