Pessoal

Um, dois, três

Bum! E de repente você não se importa mais. Ou talvez nunca tenha se importado e preferiu achar que sim. Estranho é pensar em coisas que não fazem sentido. E eu que devia estar estudando estou aqui, enrolando pra mais uma vez não fazer o que eu tenho consciencia que preciso fazer. Mas todos esses ‘tenho’ e ‘devo’ são chatos, irritantes e frustrantes. Sou a favor que você ‘tenha’ que fazer simplesmente o que você quer fazer. A vida seria muito mais calma e divertida sem tantos ‘tenho que isso’, ‘tenho que aquilo’. Então às vezes a única liberdade que você tem é gastar seu tempo não fazendo o que o bom-senso diz pra fazer enquanto pensa em coisas inuteis que conseguem ao mesmo tempo fazer sentido e não fazer. Às vezes eu me pergunto também se eu aparento ser tão maluca para os outros quanto para mim mesma. É meio absurdo de se pensar, mas quem tem a capacidade de me conhecer melhor que eu mesma? Por isso que psiquiatras me assustão, eles acham que sabem mais sobre você do que você, te analisam com base em coisas que você nem sabia existir e te diagnosticam com algo que você nunca sonhou em ouvir falar. Eu sou adepta do ‘se é o que você acha e isso não afeta a minha vida, então vá em frente e faça’.

Ultimamente a escola tem me estressado mais que o normal, sabem? Nada que aquelas pessoas que ficam horas do dia em pé na minha frente façam ou digam, eu simplesmente não ligo e não me interesso. E nessa guerra pra prestar atenção eu acabo perdendo algumas batalhas. Simplesmente é mais forte do que eu. Não sei o que acontece, só parece que eu tô assistindo a mesma coisa de novo e de novo todos os dias da minha vida há mais de treze anos e meio. Sim, já parou pra contar quanto tempo você tem de escola? Bem, não perca seu tempo, é assustador. Pense quantos minutos da sua vida que você poderia ter aproveitado andando de bicicleta ou brincando de Barbie, mas teve que ficar dentro de uma sala de concreto, mal disfarçadas pelas tintas coloridas, encarando uma pessoa que não é sua mãe ou seu pai ou ninguém da sua família, e se acha anos-luz mais inteligente e experiente que você jamais será. Assusta, não?

Texto originalmente postado no Uol blog.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply