Pessoal

Viagem à terra dos insetos

Família reunida, malas no carro, e lá vamos nós. Seis adultos, uma idosa e seis crianças (incluindo essa que vos fala) prontos para uma viagem em família no feriado da Semana Santa. Destino? Penedo. Ou quase isso. Serrinha, seis quilômetros à frente. Paisagem linda, muito mato… E muitos bichinhos!

Depois de um longo trajeto em estradinha de terra totalmente irregular que teve  o poder de deixar todos os motoristas no pior humor, chegamos lá. Uma casinha de boneca no meio do mato, perto da cachoeira. Super bucólico, um sonho. Até, é claro, os bichinhos super simpáticos que se pode esperar que saiam de dentro do mato começarem a aparecer. Falando em números? Foram três aranhas caranguejeiras, cinco baratas, uma dúzia de coisas-voadoras-não-identificadas e uns cinco cachorros. Fora, é claro, as crianças. E de todos eles (tirando as crianças) são coisas que só tem em mim um efeito: pavor! Mas depois de um tempo você se acostuma. Fora que toda a tchurma lucrou umas boas risadas de todos os meus ataques de pelanca!

Água congelante de cachoeira, chocolate, souvenires (quem resiste?), churrasco, cachorro quente e o psicopata sarado da sauna. No fim, o feriado acabou tento um saudo positivo, afinal.

Texto postado originalmente no WordPress.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply